Compromisso comunitário – Participar numa comunidade da Rede Mundial de Oração do Papa. .

Estas comunidades não só rezam e vivem em atitude de disponibilidade interior para a missão, mas também se mobilizam, procuram modos de viver cada mês os desafios da humanidade e da missão da Igreja expressos nestas intenções. Além disso, dão apoio à nossa secção juvenil, o Movimento Eucarístico Juvenil (MEJ), onde este exista, ou à pastoral juvenil. São comunidades comprometidas com o plano pastoral de cada diocese, ao serviço da missão da Igreja local.

em-comunidade-pag-31-2
em-comunidade-pag-32-2

Que quer dizer que estas comunidades procuram o modo de viver em cada mês os desafios da humanidade e da missão da Igreja como chaves para a missão?

Vivem de modo mais concreto o serviço da missão. Por exemplo, quando a Igreja convida a rezar e a mobilizar-se em favor do trabalho dos jovens: há alguma associação no nosso bairro, na nossa cidade que ajude os jovens em busca de trabalho? Que podemos fazer para dar a conhecer a sua ação? Podemos contactá-la para que saiba que o Papa e a Igreja rezam por eles, este mês, que a sua missão é importante para todos e que estamos gratos pelo que fazem em favor dos jovens em busca de trabalho? E na nossa paróquia, apoiamos os nossos catequistas, ajudámo-los na sua vida espiritual, para que possam viver cada vez mais a coerência entre o que dizem e o modo como vivem? (Intenção pela Evangelização) 

Existem também, em vários países, grupos do Apostolado da Oração, de estrutura diocesana, com práticas espirituais e devocionais que fazem parte da tradição do AO, fazendo também o oferecimento do dia a Cristo e rezando pelas intenções do Papa. Hoje, no espírito da recriação e de um maior compromisso eclesial, estes grupos, ajudados pelos respetivos Diretores Diocesanos, são convidados a entrar num dinamismo apostólico, pessoal e comunitário, que tenha em conta as propostas do Secretariado Nacional do próprio país.