“Depois disto, o Senhor designou outros setenta e dois e enviou-os dois a dois à sua frente a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir”. (Lucas 10,1)

 “Mas chegará a hora, e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. O Pai procura aqueles que o adorarão assim”. (João 4,23)

IDENTIDADE, VISÃO, MISSÃO

IDENTIDADE: Rede Mundial de Oração do Papa ao serviço dos desafios da humanidade e da missão da Igreja.

VISÃO: Rezar e viver os desafios da humanidade que preocupam o Papa (intenções) inseridos na sua rede de oração. São as chaves mestras para a nossa oração e missão.

MISSÃO: Ser apóstolos na vida diária, por meio de um caminho espiritual chamado “caminho do coração”, que transforma o nosso modo de estar ao serviço da missão de Cristo.

O APOSTOLADO DA ORAÇÃO REDE MUNDIAL DE ORAÇÃO DO PAPA

Oração ao serviço dos desafios da humanidade e da missão da Igreja, expressos nas intenções mensais de oração do Papa. Rezar por estas intenções abre-nos os olhos e o coração à dimensão do mundo, fazendo nossas as alegrias e esperanças, as dores e os sofrimentos de todos os nossos irmãos e irmãs.

QUAL O SENTIDO E O OBJETIVO DAS INTENÇÕES DO PAPA?

«Intenção» é uma palavra que exprime a decisão ou determinação da vontade em fazer algo. As intenções do Papa, ou desafios para a humanidade e a missão da Igreja, como também as designamos, têm um sentido e um propósito. Destinam-se a construir uma rede mundial de oração e a mobilizar-nos com um objetivo: construirmos juntos um mundo onde reinem os valores humanos que Jesus encarnou no Evangelho. Todos os meses, a «Rede Mundial de Oração» propõe uma JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO que dura 30 ou 31 dias. Durante estes dias, a oração coloca o mundo em movimento. «Rezamos juntos e pomos em prática aquilo que rezamos. Damos um sentido e um propósito aos nossos dias»

CHAVES PARA PÔR EM AÇÃO A MINHA ORAÇÃO

As intenções de cada mês constituem chaves para viver a nossa fé na vida quotidiana, pondo em prática aquilo que rezamos. Cada desafio contém um PROPÓSITO para o mês. Cada manhã começamos o dia rezando o oferecimento diário que nos dispõe para iniciar a jornada. Esta oração submerge-nos no mundo das nossas responsabilidades, conscientes do valor dos nossos gestos e palavras. O mesmo que pedimos a Deus como graça, assumimos como tarefa. Deste modo, as intenções ou desafios para a humanidade do Papa Francisco são, para nós, um caminho espiritual.

JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO

Os desafios da humanidade expressos nas intenções de oração do Papa implicam um desejo que leva à ação. Não devem, por isso, ser consideradas como algo meramente «intelectual» ou «formal». São chamamentos concretos à ação no aqui e agora das nossas vidas, em comunhão com todo o mundo.

FAZERMO-NOS INTERIORMENTE DISPONÍVEIS PARA A MISSÃO DE CRISTO

Esta disponibilidade tem como sua fonte e modelo Jesus Cristo entregue a nós e por nós, que se nos faz presente continuamente na Eucaristia. Receber a Sua vida leva-nos, reconhecidos, a oferecer diariamente a nossa própria vida ao Pai.

Que a Igreja propõe a todos os cristãos para os ajudar a ser amigos e apóstolos de Jesus Ressuscitado na vida diária e despertar neles a capacidade missionária. Condu-los a uma aliança de amor pessoal com Ele, simbolizada no seu Coração.

A atitude interior de disponibilidade apostólica que o AO nos propõe viver deve ser fruto do amor. Ou seja, deve nascer de uma relação pessoal, íntima e afectiva com Jesus Cristo crucificado e ressuscitado, onde me descubro amado, e ofereço a minha disponibilidade como resposta de amor

O AO anima-nos a viver uma vida eucarística. Na Eucaristia encontramos o próprio Jesus, fonte e modelo supremo da nossa disponibilidade apostólica, dando a Sua vida por nós. Ao celebrar o memorial eucarístico unimo-nos de modo privilegiado a Jesus, pois é aí que se torna eficaz para nós o desígnio do Pai que une a Sua história à nossa própria história, a fim de a salvar. O encontro com Cristo reconcilia-nos, liberta-nos das cadeias e torna-nos capazes de Lhe oferecer a nossa vida ao serviço da Sua missão.

Com o AO entramos numa rede mundial de milhões de pessoas que rezam junto do Papa pelos desafios que mensalmente nos apresenta nas suas intenções de oração. Orar com estas intenções abre-nos às necessidades mais prementes da humanidade e da Igreja, levando-nos a comprometer as nossas vidas, em cada mês, em favor da justiça do Reino, de acordo com o tema das intenções. Abrimo-nos a colaborar com todos aqueles que desejam maior fraternidade e justiça, também de outras tradições religiosas. O AO como serviço de Igreja confiado pelo Papa à Companhia de Jesus, é responsável por divulgar as suas intenções e é ao mesmo tempo uma escola de oração e de intercessão

ITINERÁRIO ESPIRITUAL DO AO

Para nos ajudar a viver esta disponibilidade para a missão de Cristo, mesmo nas pequenas coisas de cada dia, o AO propõe-nos algumas práticas espirituais e um itinerário formativo que chamámos O caminho do coração (ver adiante). Estes abrem-nos ao Espírito Santo que trabalha para unir a nossa vida e o nosso coração à vida e ao Coração de Jesus. Convidam-nos a oferecer ao Pai, juntamente com Jesus, tudo o que somos e temos, com simplicidade e radicalidade.

Consulte Caminho do Coração